Música Gospel Pseudo-Cristã

quarta-feira, 6 de julho de 2011


 O que anda acontecendo com a música cristã evangélica? Desde que a praga conhecida como "gospel" se instalou no Brasil, igrejas viraram boates e músicas cristãs deram lugar a batidas seculares. Se a palavra "igreja", no original grego, significa "chamados para fora", porque então ao invés dos cristãos saírem para ganhar o mundo, acabam trazendo o mundo para dentro das igrejas? 

 Nesta triste realidade atual, de trazer o sistema mundano para dentro das igrejas, a música cristã se torna secular. Cantores e bandas espirituais como Asaph Borba, Adhemar de Campos, Carlinhos Félix, Álvaro Tito, Logos, Altos Louvores, Prisma, Vencedores por Cristo, etc., deram lugar a cantores e bandas que só envergonham o evangelho de Cristo, mas que ganham milhões com a venda de seus cds e dvds. 

 E nesse processo de secularização da música cristã até cantores outrora simples e ungidos se tornaram máquinas de ganhar dinheiro, compositores estão escrevendo letras cada vez mais pobres e heréticas, mas como a maioria dessas letras têm forte apelo emocional e antropocêntrico, acabam caindo na graça do povo. É nessa que crentes espalham as heresias e a pobreza espiritual de músicas como "Sabor de Mel" da cantora Damares, "Debaixo do meu pé", da Comunidade da Zona Sul, e outras piores.

 Esses artistas gospel com certeza são sempre lembrados pela mídia e pelos crentes, pois este é o interesse deles, vender cds, enquanto os verdadeiros músicos cristãos, em sua maioria, já caíram no esquecimento. Muitos podem achar que isso tudo não é verdade, que a música cristã continua espiritual, etc. Aos que pensam dessa forma, sugiro que escutem músicos como Logos, Prisma, VPC, Asaph Borba, Carlinhos Félix, Life, Hagios, Banda Rara, Semente, João Alexandre, Elo, Banda & Voz, Marcos Góes (e as grandes vigílias)... 

 E digo mais, podem comparar os valores cobrados por estes ungidos e os valores cobrados pelos vendedores de cds atuais. Com certeza perceberão a diferença entre um servo do Senhor e os enganadores de crentes da música evangélica atual.

 Não troque os adoradores pelos animadores de auditório! Música cristã é CRISTOCÊNTRICA, e não antropocêntrica, como as de hoje, que atingem nosso emocional, e adormece o nosso espírito.

 Encerro por aqui com a música "Um milagre, Senhor" do grupo Prisma Brasil:

Não consigo entender o que Tu vês em mim
Oh Senhor eu não sou o que devia ser
Mas só tu com amor me limpas de meu mal
Esse amor é que me ajuda a seguir.


Um milagre Senhor
Um milagre eu sou
Um milagre o Senhor
Tens feito em mim
Até findar meu viver
Dar-te-ei meu louvor
Um milagre o Senhor
Tens feito em mim.

Em caminhos de perdição andava eu
Mas com amor Tu traçaste um plano para mim
Respondeste minha oração de fé Senhor
Desde então só a ti, só a ti pertenço eu.

Um milagre Senhor
Um milagre eu sou
Um milagre o Senhor
Tens feito em mim
Até findar meu viver
Dar-te-ei meu louvor
Um milagre o Senhor
Tens feito em mim.

Diego Rodrigo Souza
Creio No Amanhã

As Heresias da Zooteologia


Por acaso você já percebeu que vivemos numa época onde se tem unção para todo tipo de gosto? Pois é, os adeptos da "zooteologia" acreditam que pessoas em estados alterados de consciência recebem da parte de Deus a mais variada unção de animais.

Diante disto sou obrigado a confessar que a unção da bicharada é algo que me deixa extremamente intrigado, até porque, não vejo em nenhum momento da Bíblia os apóstolos usufruindo de tais manifestações espirituais. Por acaso existem relatos nas Escrituras de Paulo latindo? Ou de Pedro uivando? Ou Timóteo rugindo? Claro que não. Entretanto, os adeptos da "zooteologia" acreditam que algumas pessoas recebem da parte de Deus a unção de animais, o que as faz latir como cães, pular como macacos, rastejar como cobras.

Lembro que há pouco tempo a Ana Paula Valadão e o ministério Diante do Trono protagonizaram uma das piores cenas já vistas (este video pode ser visto na página de videos bizarros deste blog). Movidos por aquilo que denominam de unção dos quatros seres viventes, os integrantes deste famoso grupo rugiam como leões, batiam os braços imitando as asas de uma águia, além de rolarem como bichos palco abaixo.

Caro leitor, sinceramente confesso que não sei aonde vamos parar. O que fizeram com o evangelho de Cristo? O que fizeram da sã doutrina? Diante disto tudo lhe pergunto: Que Cristianismo é esse? Que Evangelho é esse? Que doutrinas são estas? Ora, esse não é e nunca foi o evangelho anunciado pelos apóstolos. Antes pelo contrário, este é o evangelho que alguns dos evangélicos fabricaram! Infelizmente, a Igreja deixou de ser a comunidade da palavra de Deus cuja fé se fundamenta nas Escrituras Sagradas, para ser a comunidade da pseudo-experiência, do dualismo, do misticismo e do neomaniqueismo!

Como cristão repudio veementemente essa zooteologia exdrúxula que só serve para confudir o povo de Deus além obviamente de levar aos incautos deste século a blasfemarem contra o Senhor. Além disso, rogo ao Deus Todo-Poderoso que nos livre e guarde das loucuras e aberrações deste tempo!

Pr. Renato Vargens
Ministério CACP