O Rei dos reis tatuado?

terça-feira, 10 de outubro de 2017


 O assunto "Jesus tatuado" não é novo, mas fiquei surpreso ao perceber que líderes importantes defendem essa ideia. O líder dessa vez é o Bispo Robson Rodovalho, dono/presidente/fundador da Comunidade Evangélica Sara Nossa Terra, uma divisão da antiga Comunidade Evangélica de Goiânia. 

 Em um vídeo publicado em sua conta no Youtube, onde fala sobre tatuagens, ele afirma que o próprio Jesus era tatuado, e cita a polêmica passagem de Apocalipse 19:16: "E no manto e na sua coxa tem escrito este nome: Rei dos reis, e Senhor dos senhores.".

 O intuito desse texto não é defender ou criticar a tatuagem em si, e sim fazer a exegese do versículo acima, e saber se, de fato, Jesus Cristo apareceu montado no cavalo branco com a tatuagem.

 Primeiro ponto é conhecer a visão que o Apóstolo João estava tendo. A história estava caminhando para o final, com a queda da grande prostituta, a Babilônia, que entendemos ser Roma. Após isso, João começa a ter outra visão:

 "E vi o céu aberto, e eis um cavalo branco; e o que estava assentado sobre ele chama-se Fiel e Verdadeiro; e julga e peleja com justiça. E os seus olhos eram como chama de fogo; e sobre a sua cabeça havia muitos diademas; e tinha um nome escrito, que ninguém sabia senão ele mesmo. E estava vestido de veste tingida em sangue; e o nome pelo qual se chama é A Palavra de Deus. E seguiam-no os exércitos no céu em cavalos brancos, e vestidos de linho fino, branco e puro. E da sua boca saía uma aguda espada, para ferir com ela as nações; e ele as regerá com vara de ferro; e ele mesmo é o que pisa o lagar do vinho do furor e da ira do Deus Todo-Poderoso. E no manto e na sua coxa tem escrito este nome: Rei dos reis, e Senhor dos senhores." Ap 19:11-16.


 Se o versículo se referisse a uma tatuagem, Jesus precisaria estar com a coxa nua, para que João pudesse enxergar a tal tatuagem, e não consigo pensar em Cristo montado num cavalo mostrando a perna pro apóstolo (talvez a igreja Contemporânea goste disso).

 Tudo pode ser questão de interpretação das traduções. João diz "manto e coxa" na maioria das traduções, em outras aparece "capa e coxa", e ainda existem outras duas que mostram "sobre a coxa" e não "na coxa". A tradução na Almeida Revisada Imprensa Bíblica, diz: "No manto, sobre a sua coxa tem escrito o nome: Rei dos reis e Senhor dos senhores". Já o texto na versão O Livro, diz: "No manto que trazia, e abaixo da cintura, tinha escrito este título: Rei dos reis e Senhor dos senhores".

 Essas duas versões mostram muito bem o sentido de "manto e coxa", e deixa claro que não era tatuagem, e sim um nome escrito nas vestes, na parte que cobre a coxa.

 Você pode fazer sua tatuagem se sua consciência estiver em paz sobre isso, mas usar Cristo como exemplo é heresia.

Diego Rodrigo Souza
Creio No Amanhã

0 comentários :

Postar um comentário